JESUS, O NOSSO CRISTO, TE AMA!!!

RÁDIO EVANGÉLICA!!
   

BY BG

225
Fãs
541
Fãs

Artigos

Opiniões

LIKE MEU FACEBOOK!!

sábado, 29 de outubro de 2011

EXERCÍCIO DE TEOLOGIA 12.

EXERCÍCIO DE TEOLOGIA 12.

154) QUANTOS CÉUS EXISTEM E AS PARTICULARIDADES DE CADA UM?
R: Três (3) Céus, 2ª Co 12.2-4.
1º Céu: Significando a atmosfera que circunda a terra Os 2.18.
2º Céu: O céu das estrelas Gn 1.14-18.
3º Céu: Também chamado de paraíso, é a habitação de Deus  e de todos os salvos Dt 14.14; Fp 1.20-23.

155) QUAL A DIFERENÇA DE PARAÍSO TERRESTRE COM PARAÍSO CELESTE?
R: O Paraíso Terrestre é a nova terra e o novo céu feitos por Deus, e será habitada por aqueles que estão em estado físico normal vivendo na terra, ou seja, os judeus e gentios que vieram da Grande Tribulação e as pessoas nascidas durante o Milênio; Is 66.22; 2º Pe 3.13; Ap 21.1,5. O Paraíso Celeste é o local que o Senhor Jesus foi preparar para os salvos do Antigo Testamento e os salvos do Novo Testamento (Igreja). Estes em estado glorificados não serão limitados à terra; seus corpos ressurretos não terão limites físicos como os mortais, serão como anjos terão corpos espirituais que poderão estar tanto no céu como na terra. Ap 21.9-27; Ap 22.1-5; Jo 14.1-3. A Jerusalém celeste pairará sobre a terrestre, ler Is. 2.2 e Mq 4.1, a igreja poderá descer e subir, entrar e sair, das duas Jerusalém quando quiser, (Gn 28.12).

156) CITE CINCO LIVROS APÓCRIFOS MAIS ABERANTES?
R: Tobias (200 a.C.) – É uma história novelística sobre a bondade de Tobiel (pai de Tobias) e alguns milagres preparados pelo anjo Rafael. Apresenta:
Justificação pelas obras – 4:7-11; 12:8.
Mediação dos Santos – 12:12.
Superstições – 6:5, 7-9,19.
Um anjo engana Tobias e o ensina a mentir – 5:16 a 19.
Judite (150 a.C.) – História de uma heroína viúva e formosa que salva sua cidade enganando um general inimigo e decapitando-o. Sua grande heresia é a própria história onde os fins justificam os meios.
Baruque – Traz entre outras coisas, a intercessão pelos mortos – 3:4.
Eclesiástico (180 a.C.) – Apresenta: Justificação pelas obras – 3:33, 34. Trato cruel aos escravos – 33.26,30; 42.1,5. Incentiva o ódio aos Samaritanos – 50.27,28.
Sabedoria de Salomão (100 a.C.) – Escrito por um judeu de Alexandria. Apresenta: O corpo como prisão da alma – 9.15, Doutrina estranha sobre a origem e o destino da alma – 8.19,20, Salvação pela sabedoria – 9:18.
II Macabeus (100 a.C.) – Não é a continuação de I Macabeus, mas um relato paralelo, cheio de lendas e prodígios de Judas Macabeus. Apresenta:
Oração pelos mortos – 12:44-46.
Culto e missa pelos mortos – 12:43.
O próprio autor não se julga inspirado – 15:38-40; 2:25-27.
Intercessão pelos santos – 7:28 e 15:14.

157) COMENTE A 70ª SEMANA PROFÉTICA?
R: Entendemos que existem dois sistemas doutrinários das 70 semanas de Daniel uns que seguem a interpretação continua, segundo a qual a septuagésima semana segue a sexagésima nona, sem nenhum intervalo.
Outros defendem a teoria do intervalo, ou seja, 69 semanas já se cumpriram, mas falta o cumprimento da septuagésima semana.
Estou de acordo com a interpretação que admiti haver um intervalo, porque entendo que as 70 semanas são 490 anos, considerando tratar-se de semanas de anos “setenta setes” e não semanas de dias, tendo 70x7=490 anos. Dividido em dois períodos. O primeiro período é de 69 semanas, igual a 483 anos ou 173.880 dias, considerando ano profético de 360 dias, (69x7x360). Esse período que é o marco inicial das 70 semanas: inicia-se com a “saída da ordem para restaurar e para edificar Jerusalém” Dn 9.25, e teve seu cumprimento em Ne 2.1-8. Esse período termina com a manifestação do Messias como Príncipe de Israel Lc 19.28-40; Zc 9.9. Este período de 69 semanas é dividido em duas partes na profecia: uma de 7 semanas (49 anos), e outra de 62 semanas (434 anos). Logo após esse período de 69 semanas, o “Messias foi tirado” (morto (Lc 23.46) e a cidade Santa destruída no ano 70 d.C.). Entre o primeiro e o segundo período existe uma lacuna profética, um intervalo. É uma duração indefinida quanto à quantidade de semanas/anos. Esse intervalo se prolongará até o arrebatamento da Igreja e o conseqüente aparecimento do anticristo, quando terá inicio a ultima semana da profecia, a septuagésima semana.
O segundo e ultimo período da profecia, a tão conhecida Septuagésima semana de Daniel, iniciar-se-á com o surgimento do anticristo, Dn 9.2; Ap 6.2, e terminará com a volta do Messias, com poder e glória, para seu reinado milenar Ap 20.1-6.
 O anticristo fará uma aliança com Israel por todo o período de 7 anos, mas na metade desse tempo quebrará o acordo e fará cessar a adoração a Deus (Dn 9.27; Ap 11.2, Ap 12.6; Ap 12.14; Ap 13.5).
Os propósitos entendidos das 70 semanas de Dn 9.24:
*Extinguir a transgressão
*Dar fim aos pecados
*Expiar a iniqüidade
*Trazer a justiça eterna
*Selar a visão profética
*Ungir o Santo dos santos.

158) QUAL A DIFERENÇA DE PROFECIA DA CARNE COM PROFECIA DE DEUS?
R: “E, se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o SENHOR não falou? Quando o profeta falar em nome do SENHOR, e essa        palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele” Dt 18.21,22.

159) PORQUE OS MÓRMONES SÃO UMA RELIGIÃO HERÉTICA?
R: Porque eles se mostram contrário a todos os principais ensinamentos da Bíblia são politeísta de doutrinas distorcidas, vestidas com a terminologia cristã.


OBS: NEM TODAS AS QUESTÕES ESTÃO CORRETAS É PRECISO CONFIRMA-LAS.

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.
Postar um comentário