JESUS, O NOSSO CRISTO, TE AMA!!!

RÁDIO EVANGÉLICA!!
AMIGOS, COMPARTILHEM ESSE BLOG!
Facebook Twitter Google+ Pinterest Reddit LinkedIn Addthis Delicious Digg Evernote Myspace NetLog Netvibes Tumblr WhatsApp

BY BG

220
Fãs
528
Fãs

Artigos

Opiniões

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

O POVO DE DEUS


POVO DE DEUS

SL 144:1-15.

POVO É GENTE, É NAÇÃO. 
AS PESSOAS DO MUNDO TODO SÃO POVOS, ONDE TODOS TEM A LIBERDADE DE IR E VIM. TODOS TEM O LIVRE ARBÍTRIO DE FAZER O QUE DESEJAR DESDE QUE SIGAM AS LEIS DE SEUS PAÍSES. 
A BÍBLIA NOS DIZ QUE “FELIZ A NAÇÃO CUJO DEUS É O SENHOR”. 
O POVO DE DEUS SÃO PESSOAS QUE ESTÃO CORRETAMENTE RELACIONADAS COM DEUS PELA FÉ. 
POR ISSO PROCURAM NOS SEUS PENSAMENTOS MOTIVOS E AÇÕES PARA OBEDECER AQUILO QUE DEUS EM SUA PALAVRA ENSINA COMO MODELO DE VIDA. 
SÃO PESSOAS QUE ESTÃO DE ACORDO COM A JUSTIÇA DE DEUS.

POR ISSO ENTENDEMOS QUE O POVO DE DEUS É...
1. UM POVO ESCOLHIDO, DT 7:6; 1ª PE 2:9;
2. UM POVO REDIMIDO, LIBERTADO, ÊX 15:13; EF 1:7;
3. UM POVO QUE PERTENCE A DEUS, DT 14:2; 1ª CO 6:20;
4. UM POVO SANTO DT 7:6; 1ª PE 1:15;
5. UM POVO FELIZ, DT 33:29; JO 15:11.

CONCLUÍMOS QUE FAZER PARTE DO POVO DE DEUS É ALGO GRATIFICANTE, QUE NOS PROPORCIONA A VIDA ETERNA. 
BEM AVENTURADO O POVO CUJO DEUS É O SENHOR, AMÉM.

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

sábado, 27 de outubro de 2012

PERDÃO

PERDÃO

GN 50:15-21.

PERDÃO É A REMISSÃO DE UMA FALTA, OFENSA OU DÍVIDA; É A ANISTIA DE UMA PENA OU SENTENÇA É UM INDULTO. A ORAÇÃO PAI DO NOSSO ENSINA A PEDIR PERDÃO PELAS NOSSAS OFENSAS E PERDOAR QUEM NOS OFENDEU. PERDÃO DAS OFENSAS É O ATO DE AFASTAR RESSENTIMENTO E DESEJO DE VINGANÇA EM RELAÇÃO AO OFENSOR. O PERDÃO DE PECADO É O ATO PELO QUAL DEUS, POR CAUSA DO SEU AMOR E MISERICÓRDIA EM CRISTO JESUS REMOVE O CASTIGO QUE RESULTA DE PECADO COMETIDO. VEJAMOS COMO OPERA O PERDÃO PARA COM A NOSSA VIDA.

1. O PERDÃO É UM PRESENTE DE DEUS, DN 9:9; MC 2:7;
2. O PERDÃO NOS É DADO POR JESUS CRISTO, AT 5:31; AT 13:38;
3. O PERDÃO É POSSIBILITADO PELO SANGUE DE JESUS, MT 26:28; RM 3:25;
4. O PERDÃO TEM A MEDIDA DA RIQUEZA DA GRAÇA DE DEUS, EF 1:7; CL 1:14;
5. O PERDÃO É LIVRE E GRACIOSO, EF 2:4,9; IS 55:1,7;
6. O PERDÃO É ABRANGENTE, POIS APAGA TODO E QUALQUER PECADO, AT 3:19; RM 5:20;
7. O PERDÃO É PROMETIDO AOS QUE CONFESSAM O SEU PECADO, 1ª JO 1:9; SL 32:5;
8. O PERDÃO VALE PARA OS QUE O ACEITAM PELA FÉ, AT 10:43.

CONCLUÍMOS QUE O RESULTADO DO PERDÃO É O RESTABELECIMENTO DA AMIZADE ENTRE AS PARTES ENVOLVIDAS. O NOSSO PERDÃO FOI RECONCILIADO COM DEUS, NO CASTIGO SOFRIDO NA CRUZ POR NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, COM QUEM ESTAMOS UNIDOS NA FÉ.

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

A MISSÃO DE CRISTO

A MISSÃO DE CRISTO

MC 10:35-45

O SENHOR JESUS CRISTO VEIO AO MUNDO COM UMA GRANDE MISSÃO; DEUS FILHO ENCARNADO NA FORMA HUMANA IRIA SOFRE TODAS AS BARBÁRIE CRIADAS POR SUA CRIAÇÃO (O HOMEM). JESUS TERIA DE SE SUBMETER A TODO O TIPO DE HUMILHAÇÃO PELAS AS MÃOS DOS HOMENS, IMPULSIONADOS POR SATANÁS, E TUDO ISSO PARA BUSCAR E SALVAR A MAIS LINDA DAS CRIAÇÕES DE DEUS PAI, O HOMEM. ESSE TEXTO LIDO PRINCIPALMENTE O VERSÍCULO 45 É COMO UM CACHO DE UVAS SABOROSAS, CHEIAS DE SUCO, DAS VINHAS ETERNAS DO REINO DE DEUS. VAMOS SABOREÁ- LAS UMA A UMA SEM PERDER NADA, AMÉM.

1. CRISTO VEIO AO MUNDO.
A) ELE É ETERNO, JO 1:1,10,11; JO 17:5;
B) O PAI O ENVIOU, JO 3:16;

2. VEIO AO MUNDO COMO FILHO DO HOMEM.
A) PARA BUSCAR E SALVAR O HOMEM, LC 19:10;
B) EM TUDO FOI TENTADO JAMAIS PECOU, HB 4:15;
C) COMPADECEU-SE DO SOFRIMENTO HUMANO, AT 10:38;

3. JESUS VEIO PARA SERVIR.
A) NÃO VEIO PARA SER SERVIDO, VERS. 45;
B) SENDO SENHOR, TINHA A PLENITUDE DIVINA, SE FEZ SERVO, FL 2:7;
C) PODIA TER TIDO QUANTOS SERVOS DESEJA-SE, OS ANJOS O SERVIAM E ADORAVAM, MT 4:11; HB 1:6;
D) VEIO COMO SERVO. O HOMEM NADA POSSUÍA PARA OFERECER A JESUS. NEM MESMO UM LUGAR PARA ELE NASCER, LC 2:7;
E) CRISTO VEIO PARA MINISTRAR O AMOR DO PAI AOS HOMENS. COMO SERVO, DEU O EXEMPLO DE HUMANIDADE, LAVANDO OS PÉS DOS DISCÍPULOS, JO 13:4;

4. VEIO PARA DAR A SUA VIDA.
A) O HOMEM ESTAVA MORTO NO PECADO, EF 2:1;
B) O HOMEM JÁ NASCEU PECADOR, RM 3:23;
C) NÃO PODE SALVA-SE A SI MESMO, HB 2:3;
D) A JUSTIÇA DO HOMEM NÃO O JUSTIFICA, JÓ 9:2,20; IS 64:6;
E) A JUSTIÇA DE DEUS EM CRISTO, O LIVRA DA MORTE, 2ª CO 5:21;
F) CRISTO DE SUA VIDA EM RESGATE POR MUITOS, MT 20:28;
G) O HOMEM FEZ-SE ESCRAVO DO PECADO, RM 5:18,19,21; RM 6:23; RM 7:11;
H) O PREÇO DO RESGATE FOI O SANGUE DE JESUS. ELE DEU SUA VIDA POR NÓS, 1ª PE 1:18; 1ª PE 2:21-24; EF 1:7.

CONCLUÍMOS QUE A MISSÃO DE CRISTO JESUS FOI BUSCAR E SALVAR TODOS QUANTOS QUEIRAM, MAS NEM TODOS QUEREM, POR ISSO EXISTE O LIVRE ARBÍTRIO  É SE QUISER. CRISTO NÃO VEIO REFORMA O MUNDO, NEM TONAR O HOMEM MELHOR, MAS DAR SUA VIDA PELA HUMANIDADE. O QUE PODE O HOMEM OFERECER A ELE, SE NÃO  O SEU CORAÇÃO, EM OBEDIÊNCIA, GRATIDÃO E AMOR?

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

domingo, 21 de outubro de 2012

EXERCÍCIO DE TEOLOGIA 31

EXERCÍCIOS BÍBLICOS


521) Porque as ilustrações no sermão dão vida ao discurso?
R: Porque é um meio pedagógico eficiente.
Porque auxiliam a memória. O povo se lembra mais das ilustrações do que das argumentações.
Porque foi o método usado por Jesus para ensinar.
A ilustração ajuda na exposição tornando claro e evidente as verdades da Palavra de Deus.
A ilustração atrai a atenção, quebrando assim a monotonia, e faz com que a mensagem seja gravada nos corações com mais facilidade.
As ilustrações também ajuda na ornamentação do sermão tornando-o mais atraente.

522) Como deve ser a conclusão do sermão?
R: De grande importância. Põe abaixo ou salva o sermão. É onde se chega a uma decisão. Muitas vezes o auditório vê o sermão se esfumaçar no fim. Não deve ser um amontoado de frases, mas o clímax do sermão. O ponto alto. Ter unidade. Não ser múltipla; Deve ser clara e breve; Deve ser pessoal; Deve ser positiva; Deve ser vigorosa (Não quer dizer violenta, agressiva). Deve ter vida, mas deve ser amorosa.

523) Resuma os bons hábitos durante a pregação?
R: 1. Postura ereta. Não se deite sobre o púlpito nem se acorcunde.
2. Cuidado com a aparência: O uso de óculos escuros em recinto fechado e à noite, é triste. O pregador descabelado, com barba por fazer, colarinho virado, sapatos enlameados, meia verde?
3. Cultive o idioma: A pregação é comunicação oral. Conheça pelo menos o seu idioma. É sua ferramenta
4. Cuidado com regionalismo: "Botão, mucidade, cruis de Jesuis, dolze, irrael, etc" etc.
5. Use seu próprio estilo: Seja você mesmo. Não copie. O uniforme de Saul não coube em Davi.
6. Fale toda a palavra: Não engula os "r" e os "s" não engula as sílabas finais. Evite as sujeições "eles tão" ao invés de "eles estão".
7. Aprenda a ler: Pratique a pontuação correta, dê entonação, viva os diálogos do texto.
8. Fale às pessoas: Olhe para elas. Paredes, bancos, teto e chão não se convertem nem aprendem.
9. Fale com o corpo: Use expressão facial condizente. Evite a "cara de mau". Use ambas as mãos. Não oscile o corpo para trás e para a frente. Tão pouco se levante constantemente na ponta dos pés. Evite o dedo indicador apontando para o ouvinte.
10. Module a voz: Deve ser de acordo com o ambiente. Não é o grito. É a consistência e convicção.
11. Evite os vícios de linguagem: - "né", "intão", "é interessante notar", "aí", etc.
12. Evite chavões: Como acompanhar um sermão de 30 minutos com mais de 60 "aleluias" e "glórias a Deus?"

524) O que você entende por fluência do tema?
R: É ter domínio completo pelo tema e assunto que vai se ministrar, ou seja, esta com a matéria ou conteúdo “na ponta da língua”, ter muito argumentos armazenados na cabeça.

525) Quais são os efeitos psicológicos de um pregador iniciante e como vencê-los?
R: Medo, temor, sudorese, gagueira e perda parcial de memória, trepidar das palavras e balbuciar da voz, desbotam a fisionomia, o sangue foge da pele, os reflexos dos olhos se modificam e o olhar do auditório também incomoda. Para vencer isso deve se for adaptando com o local e praticando dando avisos, fazendo leituras, dar saudações, cantar louvores com a igreja, enfim fazer algum trabalho ambiental.

526) Qual a diferença entre: discurso, oratória e aulas dominicais?
R: Discurso é uma reunião solene, não é uma pregação é uma conversação. Oratória é uma retórica eloquente  fala acelerada, tom de voz elevada é a arte de falar em publico. Aulas dominicais não se faz oratória, não se prega, nem se discursa, apenas explica, leciona conversa e pode sanar duvidas pedagógicas.

527) Como persuadir e dissuadir?
R: Persuadir é conduzir o ouvinte a reconhecer o estado de perdido e pecador e leva-lo ao reconhecimento da necessidade de perdão e de reconciliação com o Criador.
Dissuadir é convencer e comover a deixar de algo errado ou inconveniente.

528) O que é vocalização?
R: Ato ou efeito de vocalizar. Que pode ser também treinamento para melhoria da voz.

529) O que é arte dramática?
R: Capacidade natural ou adquirida de pôr em prática os meios necessários para obter um resultado usando uma representação teatral com expressões corpóreas ou fisionômicas.

530) Quais os recursos mímicos que devem ser usados para ministrar numa igreja com até 200 pessoas?
R: Corpo, Braços, Pernas, Olhos, Mãos e Cabeça sendo que num auditório com 200 pessoas não se precisar usar de todos os recursos mímicos conhecidos.

531) O que significa decoro ou ética do orador?
R: Conduta que o orador transmite de sua pessoa para a platéia como correção moral; compostura, decência, dignidade, nobreza, honradez, brio, pundonor.

OBS: NEM TODAS AS QUESTÕES ESTÃO CORRETAS É PRECISO CONFIRMA-LAS. 

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

AS LÁGRIMAS DE JESUS CRISTO


AS LÁGRIMAS DE JESUS CRISTO, JO 11:35.

AS ESCRITURAS REGISTRAM DOIS MOMENTOS NOS QUAIS JESUS CHOROU, REVELANDO SEU CARÁTER SENSÍVEL AO SOFRIMENTO E Á DOR DO HOMEM, EM FACE DAS MAIS DIVERSAS SITUAÇÕES. JESUS CHOROU POR CAUSA DA DESTRUIÇÃO DA CIDADE SANTA JERUSALÉM NUM FUTURO NÃO REMOTO, QUE ACONTECEU ENTRE OS ANOS 66-70 D.C. JESUS CHOROU, CONFORME O TEXTO LIDO POR SIMPATIA E DÓ DOS AMIGOS E POR INDIGNAÇÃO COM A MALDIÇÃO DA MORTE. AS LÁGRIMAS DE JESUS CRISTO TEM O PROPOSITO DA RESSURREIÇÃO COMO FOI NA VIDA DE LÁZARO, VAMOS ANALISAR:

1. QUAL O PROPOSITO DE CRISTO NA RESSURREIÇÃO DE LÁZARO?
A. REVELAR O PODER E A GLÓRIA DE DEUS AOS HOMENS DIANTE DA MORTE, JO 11:4;
B. PROVAR QUE ELE É A RESSURREIÇÃO E A VIDA, JO 11:25;
C. MONSTRA QUE ELE SE PREOCUPA CONOSCO E SE COMOVE DIANTE DA NOSSA DOR, JO 11:33;
D. MONSTRA QUE ELE É SENSÍVEL ÀS NOSSAS LÁGRIMAS E QUE CHORA CONOSCO VERS. 35. VEJA O EXEMPLO EM IS 53:4.
1. ELE TOMOU SOBRE SI AS NOSSAS DORES.
2. ELE LEVOU TODAS AS NOSSAS ENFERMIDADES

2. ELE É O SENHOR DA VIDA E DA MORTE.
A. ELE VENCEU A MORTE E TEM O DOMÍNIO DO HADES, AP 1:18;
B. ELE É A PRIMÍCIA DOS QUE DORMEM, 1ª CO 15:20;
C. EM CRISTO TODOS RESSUSCITARÃO UNS PARA A VIDA ETERNA, OUTROS PARA A PERDIÇÃO, DN 12:2;
D. TRAGADA FOI A MORTE, NA VITÓRIA DE CRISTO, 1ª CO 15:54,55;
E. ELE EM TUDO NOS DÁ VITÓRIA, 1ª CO 15:57.

CONCLUÍMOS QUE AS LÁGRIMAS DE CRISTO JESUS MONSTRA-NOS A VIDA ETERNA. JESUS REVELA QUE A MORTE NÃO É O PROPOSITO DE DEUS PARA A HUMANIDADE. DEUS CONCEDE O PERDÃO DOS PECADOS E A VIDA ETERNA AOS QUE MEDIANTE O SACRIFÍCIO DE SEU FILHO CREEM NO EVANGELHO, AMÉM.

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

PROFESSOR


DIA DO PROFESSOR

É fato que amigo é aquele que te ensina.
- Mas ensina o que?
- Ensina a ver o futuro com esperança;
Ensina a ter a coragem de ser alguém;
Ensina a valorizar os outros como a si mesmo,
Ensina como ser diferente em um mundo confuso;
Ensina que tudo pode ser diferente desde que tenhamos o desejo de aprender.
Esse amigo só pode ser um PROFESSOR.
- Sabiam que os Professores eles são para nós e nossos filhos como um pai ou uma mãe, nosso tio ou nossa tia, nosso amiguinho ou nossa amiguinha.. Essa turma é um barato, o que seria do mundo se não existissem eles em?
Graças ao bom Deus que os professores existem..
- Hoje quero parabenizar essa categoria tão desvalorizada pelos governantes  mas tão amada por nós cidadãos direitos, pois somos gratos por eles pelo que somos hoje.

PARABÉNS PROFESSORES VOCÊS SÃO NOTA 1000.

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE. 

QUESTIONÁRIO DE DOUTRINAS 07 - A EXPIAÇÃO - Part 02.

DOUTRINA DA EXPIAÇÃO


PARTE 02 FINAL.

18. COMO DEVEMOS CONSIDERAR SUA MORTE?
R: Não a deveriam considerar como tragédia imprevista e infeliz à qual teria que se resignar, e, sim, como sendo morte cujo propósito era fazer expiação. "O Filho do homem veio a dar a sua vida em resgate de muitos." Na última ceia Jesus deu instruções acerca da futura comemoração de sua morte, como sendo o supremo ato de seu ministério.

19. QUE CERIMÔNIA COMEMORA A REDENÇÃO DA HUMANIDADE?
R: Ele ordenou um rito que comemoraria sua redenção da humanidade, assim como a Páscoa comemorava a redenção de Israel do Egito. Seus discípulos, que ainda estavam sob a influência de idéias judaicas acerca do Messias e do reino, não podiam compreender a necessidade de sua morte e só com dificuldade podiam aceitar o fato. Mas apos a ressurreição e a ascensão eles o entenderam e sempre depois disso afirmaram que a morte de Cristo fora divinamente ordenada como o meio da expiação. "Cristo morreu pelos nossos pecados", é seu testemunho de sempre.

20. QUE SIGNIFICA A SANTIDADE DE DEUS?
R: Deus é santo por natureza, o que significa que ele é justo em caráter e conduta. Esses atributos do seu caráter manifestam-se em seus tratos com a sua criação. "Ele ama a justiça e o juízo" (Salmos 33:5). "Justiça e juízo são a base do teu trono" (Salmos 89:14).

21. QUE PERTURBA AS RELAÇÕES ENTRE O HOMEM E DEUS?
R: Essa relação foi perturbada pelo pecado que é um distúrbio da relação pessoal entre Deus e o homem

22. ESSENCIALMENTE, O QUE É O PECADO?
R: O pecado é essencialmente um ataque contra a honra e a santidade de Deus. É rebelião contra Deus, pois pelo pecado deliberado, o homem prefere a sua própria vontade em lugar da vontade de Deus, e por algum tempo torna-se "autônomo"

23. QUAL É A FUNÇÃO DA EXPIAÇÃO?
R: Livrar os homens dos seus pecados diante de Deus.

24. QUE É QUE PROVOCA A IRA DE DEUS?
R: O pecado.

25. QUE REVELA A CRUZ DE CRISTO?
R: O castigo do pecado que foi pago no Calvário, e a lei divina que foi honrada; dessa maneira Deus pôde ser benévolo sem ser injusto, e justo sem ser inclemente.
  
26. EXPLICAR AS DUAS RESPOSTAS FALSAS ACERCA DA EXPIAÇÃO.
R: O Novo Testamento ensina que a expiação é tanto necessária como também possível; possível porque Deus é benévolo, bem como justo; necessária porque Deus é justo, bem como benévolo. Os dois erros tratados são exageros de duas verdades sobre o caráter de Deus. O primeiro exagera a sua justiça, excluindo a sua graça. O segundo exagera sua graça, excluindo a sua justiça. A expiação faz justiça a ambos os aspectos de seu caráter, pois na morte de Cristo, Deus está agindo de modo justo como também benévolo.

27. EXPLICAR COMO POR MEIO DA EXPIAÇÃO, DEUS DEMONSTRA O SEU CARÁTER MISERICORDIOSO E AO MESMO TEMPO JUSTO.
R: Na expiação Deus faz justiça a seu caráter como um Deus benévolo. Sua justiça clamou pelo castigo do pecador, mas sua graça proveu um plano para o perdão. Ao mesmo tempo ele faz justiça a seu caráter como um Deus justo e reto.

28. QUAIS SÃO AS CINCO PALAVRAS QUE DESCREVEM A NATUREZA DA EXPIAÇÃO? DÊ UMA BREVE EXPLICAÇÃO DE CADA UMA.
R: Expiação, Propiciação, Substituição, Redenção e Reconciliação.

29. EXPLICAR A PALAVRA “EXPIAÇÃO”. QUAL A IDÉIA PRINCIPAL?
R: (a) Expiação. A palavra expiação no hebraico significa literalmente 'cobrir', e é traduzida pelas seguintes palavras: fazer expiação, purificar, quitar, reconciliar, fazer reconciliação, pacificar, ser misericordioso.

30. CITE ALGUNS VERSÍCULOS QUE DEMONSTREM QUE A MORTE DE CRISTO FOI EXPIATÓRIA.
R: A morte de Cristo foi uma morte expiatória, porque seu propósito era apagar o pecado. (Hebreus 9:26, 28; 2:17; 10:12-14; 9:14.) Foi uma morte sacrificial ou uma morte que tinha relação com o pecado. Qual era essa relação? "Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro" (1ª Pedro 2:24). "Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós, para que nele fôssemos feitos justiça de Deus" (2ª Corintios 5:21) Expiar o pecado significa levá-lo embora, de modo que ele é afastado do transgressor, o qual é considerado, então, como justificado de toda a injustiça, purificado de contaminação e santificado para pertencer ao povo de Deus.

31. EXPLICAR A PALAVRA “PROPICIAÇÃO”.
R: (b) Propiciação. Crê-se que a palavra propiciação tem sua origem em uma palavra latina "propõe", que significa "perto de". Assim se nota que a palavra significa juntar, tornar favorável.

32. EXPLICAR A PALAVRA “SUBSTITUIÇÃO”.
R: (c) Substituição. Os sacrifícios do Antigo Testamento eram substitutos por natureza; eram considerados como algo a que se procedia, no altar, para o israelita, que não podia fazê-lo por si mesmo.

33. QUE SIGNIFICA “REDENÇÃO”?
R: (d) Redenção. A palavra redimir, tanto no Antigo como no Novo Testamento, significa tornar a comprar por um preço; livrar da servidão por preço, comprar no mercado e retirar do mercado.

34. QUE SIGNIFICA “RECONCILIAÇÃO”?
R: (e) Reconciliação. "Tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nos a palavra da reconciliação" (2ª Corintios 5:18,19.) Quando éramos inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte do seu Filho (Romanos 5:10).

35. MENCIONAR OS CINCO EFEITOS DA EXPIAÇÃO E O SIGNIFICADO DE CADA UM.
R: (a) Perdão da transgressão. Por meio de sua obra expiatória, Jesus Cristo pagou a dívida que nos não podíamos saldar e assegurou a remissão dos pecados passados. Assim, o passado pecaminoso para o cristão não é mais aquele peso horrendo que conduzia, pois seus pecados foram apagados, carregados e cancelados. (João 1:29; Efésios 1:7; Hebreus 9:22-28; Apocalipse 1:5.) Começou a vida de novo, confiando em que os pecados do passado nunca o encontrarão no juízo. (João 5:24.).
(b) Livramento do pecado. Por meio da expiação o crente é liberto, não somente da culpa dos pecados, mas também pode ser liberto do poder do pecado. O assunto é tratado em Romanos, caps. 6 a 8. Paulo antecipa uma objeção que alguns dos seus oponentes judeus devem ter suscitado muitas vezes a saber, que se a pessoa fosse salva meramente por crer em Jesus, essa pessoa teria opinião leviana sobre o pecado, dizendo: "Se permanecermos no pecado, sua graça abundará" (Romanos 6:1).
(c) Libertação da morte. A morte tem um significado tanto físico como espiritual. No sentido físico denota a cessação da vida física, conseqüente de enfermidade, decadência natural ou de causa violenta. é porém, mais usada no sentido espiritual, isto é, como o castigo imposto por Deus sobre o pecado humano. A palavra expressa a condição espiritual de separação de Deus e do desagrado divino por causa do pecado. O impenitente que morrer fora do favor de Deus permanecerá eternamente separado dele no outro mundo, sendo conhecida essa separação como a "segunda morte".
(d) O dom da vida eterna. Cristo morreu para que nos não perecêssemos (a palavra é usada no sentido bíblico de ruína espiritual), mas "tenhamos a vida eterna" (João 3:14-16. Vide Romanos 6;23.) A vida eterna significa mais do que mera existência; significa vida no favor de Deus e comunhão com ele. Morto em transgressões e pecados, o homem está fora do favor de Deus; pelo sacrifício de Cristo, o pecado é expiado e ele restaurado à plena comunhão com Deus. Estar no favor de Deus e em comunhão com ele é ter vida eterna, pois é a vida com ele que é o Eterno.

(e) A vida vitoriosa. A cruz é o dínamo que produz no coração humano essa resposta que constitui a vida cristã. A expressão "eu viverei para ele que morreu por mim", diz bem o dinamismo da cruz. A vida cristã é a reação da alma ante o amor de Cristo. A cruz de Cristo inspira o verdadeiro arrependimento, o qual é arrependimento para com Deus. O pecado muitas vezes é seguido de remorso, vergonha e ira; mas somente quando houver tristeza por ter ofendido a Deus, há verdadeiro arrependimento.

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

A ALEGRIA DE SER CRIANÇA


A ALEGRIA DE SER CRIANÇA

- SER CRIANÇA É SER A PUREZA DA VIDA. 
É VIVER ACREDITANDO NO IMPOSSÍVEL.
É SONHAR E VER O SONHO ACONTECER.
É BRINCAR INOCENTEMENTE COM O PERIGO SEM SABER.
E CORRER ATRAS DO VENTO COM O INTUITO DE SOMENTE SORRIR PARA ELE.
SER CRIANÇA É SER AMADA POR DEUS, DESEJADA POR TODOS E QUERIDA DA MAMÃE. 
A BÍBLIA DIZ QUE O REINO DOS CÉUS PERTENCE A ELAS.
QUE SE ENSINARMOS O CAMINHO CORRETO PARA ELA ANDAR, AMANHÃ  QUANDO CRESCER, NÃO VAI SE DESVIAR DELE.
PENA QUE SER CRIANÇA É TER UMA INFÂNCIA QUE PASSA VOANDO AOS NOSSOS OLHOS, COMO O VÔO DA ÁGUIA SE JOGANDO DO ALTO DE UMA MONTANHA, É MUITO RÁPIDO...
- SE PUDESSE ESCOLHER QUERIA VOLTAR A SER CRIANÇA SÓ PARA SABOREAR A VIDA COMO ALGUÉM QUE NÃO TEM DE QUE SE PREOCUPAR COM O DIA DE AMANHÃ. 
PARABÉNS A TODAS AS CRIANÇAS DE 0 A 100 ANOS.

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

CERTIFICADO DE CONSAGRAÇÃO MINISTERIAL

Pastor Edson Castro

CLICK NA FOTO PARA ZOOM

MOD. 1

MOD. 2

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

A ESPERANÇA DO CRENTE


A ESPERANÇA DO CRISTÃO
Jr 17:7.

ESPERANÇA É A CONFIANÇA NO CUMPRIMENTO DE UM DESEJO OU A EXPECTATIVA DE UM BEM QUE SE DESEJA. HÁ UM DIZER POPULAR QUE DIZ QUE “A ESPERANÇA É A ÚLTIMA QUE MORRE”. MAS A ESPERANÇA DO CRENTE NUNCA MORRE ELA SE CUMPRIR, PORQUE ELA É: VIVA, SALVADORA, SEGURA, BOA, BENDITA E ETERNA, VEJAMOS:

A ESPERANÇA DO CRENTE É UMA ESPERANÇA VIVA, 1ª PE 1:3;
A ESPERANÇA DO CRENTE É UMA ESPERANÇA SALVADORA, 1ª TS 5:8;
A ESPERANÇA DO CRENTE É UMA ESPERANÇA SEGURA, HB 6:19;
A ESPERANÇA DO CRENTE É UMA BOA ESPERANÇA, RM 12:12;
A ESPERANÇA DO CRENTE É UMA ESPERANÇA BENDITA, TT 2:13;
A ESPERANÇA DO CRENTE É UMA ESPERANÇA ETERNA, TT 3:7.

ENTENDEMOS QUE A NOSSA ESPERANÇA EM CRISTO JESUS NOSSO SALVADOR É SEMPRE RENOVADA NA CERTEZA DE RECEBERMOS AQUILO QUE DESEJAMOS PARA O NOSSO VIVER. E APRENDEMOS QUE O JUSTO AINDA MORRENDO TEM ESPERANÇA, AMÉM.


DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

CULTO DE SANTA CEIA NA IGEVAS

CULTO NA IGEVAS

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

UM DEUS PERFEITO



UM DEUS PERFEITO
SL 23:1

O NOSSO DEUS E PERFEITO, INFINITO SUPREMO. OS SEUS ATRIBUTOS MONSTRA QUAL GRANDE É A PERFEIÇÃO DO SENHOR. ELE É AMOR, ALTÍSSIMO  ESPÍRITO, ETERNO, IMORTAL, IMUTÁVEL, INVISÍVEL  JUIZ  ONIPOTENTE, LIBERTADOR, PASTOR, ONISCIENTE, SALVADOR, REI, ÚNICO E FOGO CONSUMIDOR. O NOSSO DEUS É PERFEITO. PODERÍAMOS CITAR MUITOS OUTROS ATRIBUTOS DA PERFEIÇÃO DO SENHOR. VAMOS COMPREENDER UM POUCO DE ALGUMAS QUALIDADES ATRIBUÍDAS A ESSE DEUS PERFEITO, VEJAMOS:
1. DEUS É PERFEITO EM AMOR, 1ª JO 4:8;
2. DEUS É PERFEITO EM TODAS AS SUAS OBRAS, DT 32:4;
3. DEUS É PERFEITO EM TODOS OS SEUS CAMINHOS, SL 18:30;
4. DEUS É PERFEITO NA SUA VONTADE, RM 12:2;
5. DEUS NAS SUAS DÁDIVAS, TG 1:17;
6. DEUS É UM PAI PERFEITO, MT 5:48;
7. DEUS É PERFEITO NO SEU CONHECIMENTO, JÓ 37:16;

CONCLUÍMOS QUE NÓS TEMOS UM DEUS TODO PODEROSO, PERFEITO EM TODAS AS SUAS FORMAS DE AGIR. POR ISSO NÃO DEVEMOS FICAR ASSUSTADOS COM A FÚRIA DO INIMIGO CONTRA NÓS, POR QUE MAIOR E PODEROSO É O QUE ESTÁ CONOSCO, AMÉM.

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

REGIMENTO INTERNO DA IGEVAS


A ÁGUIA É O LOGOTIPO DA IGEVAS

- A Igreja Evangélica Assembleiana do Distrito Federal, através do Cap. 7 do art. 23 do estatuto social da igreja, adota o regimento interno que tem por finalidade elaborar as normas para os seus membros. A Igreja terá número ilimitado de membros, os quais são admitidos na qualidade de crentes em nosso Senhor Jesus Cristo, sem discriminação de sexo, nacionalidade, cor, condição social ou política, desde que aceitem voluntariamente as doutrinas, disciplinas e o Regime Interno da IGEVAS.

Segue abaixo normas internas da IGEVAS:

Art. 1º - A igreja crê e prega que todos os seus membros devem cumprir o estatuto da IGEVAS bem como as decisões ministeriais, pastorais e das assembleias, (1ª Sm 15:23ª).

Art. 2º - A Igreja crê e prega que seus membros visitem-se com pudor e modéstia, não fazendo uso de roupas que venham a despertar sensualidade, mas vistam-se com pudor e decência. Ex: Homem calça e roupas masculinas discretas. Mulheres saias e roupas femininas discretas. (1ª Co 6:12-13, Dt 23:18; 1ª Pe 1:15; 1ª Pe 3:3-5).

Art. 3º - A Igreja crê e prega que seus membros devem manter seus corpos em santidade; sem fazer tatuagens, percings, brincos, uso exagerado de pinturas nas maquiagens, nas unhas e manter os cabelos bem tratados conforme ensina a Bíblia. Ex: Homens cabelos curtos; Mulheres cabelos longos. (Lv 19.28; 2ª Rs 9.30; Rm 12:1; 1ª Co 11:14-16; 1ª Pe 3:3-5; Pv 16:31; Pv 20:29).

Art. 4º – A Igreja crê e prega que todos os seus membros tem que dá bom testemunho privado e/ou público, não devem entrar em brigas, contendas, ofender seu próximo e nem desvio de conduta (Mt 22:37-40; 1ª Co 10:32).

Art. 5º - A Igreja crê e prega que seus membros não devem embriagar-se com bebidas alcoólicas, ter vícios com cigarros ou outros tipos de drogas que venham causar algum tipo de dependência ou dano à saúde física ou mental. (1ª Co 3:16-17; Pv 20.1; Pv 26.31; 1ª Co 6.10; Ef. 5.18).

Art. 6º – A Igreja crê e prega que o casamento é uma instituição divina, portanto Deus criou o homem e a mulher para juntos formarem uma família, sendo assim seus ministros e pastores não realizam casamentos de pessoas do mesmo sexo. (Gn 2:24).

                                                                                                                                           
      Edson Castro                                   Iraci Rodrigues
   Pastor Presidente                                 1º Secretário

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

SALMO PARA MEDITAÇÃO NA SEMANA 1


SALMO 23

A felicidade de termos o Senhor como nosso Pastor.
Salmo de Davi

O SENHOR é o meu Pastor, nada me faltará.
Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.
Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias.



DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

NOMES DO CÉU


CÉU AZUL
AP 21:1-8.

O CÉU É O ESPAÇO INDEFINIDO EM QUE SE MOVEM TODOS OS ASTROS, O AR E A ATMOSFERA, É A REGIÃO HABITADA POR DEUS E OS ANJOS, OS SLVOS QUE MORREM MORARÃO NO CÉU. O CÉU É LUGAR DE DELICIAS COMO ENSINA A BÍBLIA. O NOSSO OBJETIVO AQUI NA TERRA É UM DIA VIVER É UM DIA VIVER A NOSSA ETERNIDADE LÁ. A BÍBLIA RELATA ALGUNS NOMES DADO PARA O CÉU, VEJAMOS SETE NOMES ATRIBUÍDOS PARA O CÉU.
1. O CÉU É CONHECIDO COMO REINO ETERNO, 2ª PE 1:11;
2. O CÉU É CONHECIDO COMO CIDADE PERMANENTE, HB 13:14;
3. O CÉU É CONHECIDO COMO CASA DO PAI, JO 14:2;
4. O CÉU É CONHECIDO COMO PARAISO, 2ª CO 12:4;
5. O CÉU É CONHECIDO COMO PATRIA CELESTE, HB 11:14-16;
6. O CÉU É CONHECIDO COMO LUGAR DE REPOUSO, AP 14:13;
7. O CÉU É CONHECIDO COMO MONTE SIÃO, HB 12:22.
INDEPENDENTEMENTE DOS NOMES ATRIBUÍDOS PELA BÍBLIA PARA O CÉU O LUGAR É UM SÓ. LEMBRE-SE A BÍBLIA RELATA QUE O VENCEDOR HERDARÁ ESTAS COISAS, DEUS SERÁ O SEU SENHOR, E ELE SERÁ FILHO, AMÉM.

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.