JESUS TE AMA..
Sejam Bem-Vindos!
"Assim como o homem pensa em seu coração, assim ele é. Toda a existência do homem, gira em torno do que pensa. Principalmente do que pensa a respeito de DEUS.".

AMIGOS COMPARTILHEM ESSE BLOG!

Facebook Twitter Google+ Pinterest Reddit LinkedIn Addthis Delicious Digg Evernote Myspace NetLog Netvibes Tumblr WhatsApp

SEGUIDORES ABENÇOADOS..

224
Assinantes
294
Fãs
201
Fãs
621
Seguidor

Artigos

Comentou

ME SIGA NO TWITTER

sábado, 23 de junho de 2012

QUESTIONÁRIO DOUTRINAS 06 - O SENHOR JESUS CRISTO - Part 02.


QUESTIONÁRIO.

PARTE 2ª FINAL

17. QUE SIGNIFICA O TÍTULO, “CRISTO”?
R: “Cristo” é a forma grega da palavra hebraica “Messias”, que literalmente significa “o ungido”. A palavra é sugerida pelo costume de ungir com óleo como símbolo da consagração divina para servir.

18. DEMONSTRE COMO AS PROFECIAS RELATIVAS AO MESSIAS FORAM CUMPRIDAS EM JESUS.
R: ...É o testemunho constante do Novo Testamento que Jesus declarou-Se o Messias, ou Cristo, prometido no Velho Testamento. Jesus Cristo foi eternamente eleito para ser o Messias e Cristo. Deus o Pai ungiu a Seu Filho com o Espírito de poder e sussurrou no Seu ouvido o significado da Sua unção: - “Tu és o meu Filho amado em quem me comprazo.” Mc 1:11. Vide Mt 4:3,4; Jo 6:14,15,26.

19. DESCREVER A ESPERANÇA MESSIÂNICA DOS JUDEUS E COMO JESUS SE COMPORTOU EM RELAÇÃO A ELA.
R: As pessoas entre as quais Jesus teria de ministrar esperavam a vinda do Messias, porém infelizmente suas esperanças eram coloridas por uma aspiração política. Eles esperavam um “homem forte”, que fosse uma combinação de soldado e estadista. Jesus sabia que Satanás estava advogando a política popular, a qual era inspirada pelo próprio espírito egoísta e violento. Seria Jesus esse tipo de Messias? Não! Jesus seguiria a direção do Seu Pai e confiaria somente nas armas espirituais para conquistar os corações dos homens, apesar de que a sendo o conduziria a falta de compreensão, ao sofrimento, e a morte.

20. DÊ AMPLA DEFINIÇÃO DO TÍTULO, “MESSIAS”. EXPLIQUE PORQUE O MESSIAS TERIA DE MORRER.
R: Messias, a saber, Aquele a Quem Deus autorizou para salvar a Israel e as nações do pecado e da morte, e para governar sobre eles como Senhor de suas vidas e Mestre. O Messias teria de morrer porque era o plano de Deus para redenção dos homens. A cruz era a parte do programa de Deus para o Messias. “Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia”. Mt 16:21.

21. QUE SIGNIFICA O TÍTULO, “FILHO DE DAVI”?
R: Esse título é equivalente a “Messias”, pois uma qualidade importante do Messias era Sua descendência davídica.

22. EM QUE SENTIDO ERA JESUS O “SENHOR” DE DAVI E AO MESMO TEMPO O SEU “FILHO”?
R: O Messias é tanto é tanto Senhor, como filho de Davi. Pelo nascimento virginal, Jesus nasceu de Deus e também de Maria; Ele era desse modo o filho de Deus e Filho do homem. Como Filho de Deus Ele é Senhor de Davi; como filho de Maria Ele é filho de Davi por descendência.

23. EXPLICAR O TÍTULO, “PAI ETERNO”.
R: Significa imortal, divino, imutável.

24. QUE SIGNIFICA O NOME, “JESUS”?
R: Salvador. “E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados”. Mt 1:21.

25. QUAIS SÃO OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO?
R: Profeta, Sacerdote e Rei.

26. FAÇA UM COMENTÁRIO COM RESPEITO AO MINISTÉRIO DE CRISTO COMO PROFETA.
R: O profeta do Velho Testamento era o representante ou agente de Deus na terra, que revelava Sua vontade com relação ao presente e ao futuro. Jesus como profeta pregou a Salvação, anunciou o Reino, predisse o Futuro. Os profetas de Israel quando a nação estava em perigo eram convocados e mostravam o caminho para sair das dificuldades, dizendo “Este é o caminho, andai nele”. Jesus como profeta não só mostrou como também abriu o caminho da salvação por Sua morte na cruz.

27. FAÇA UM COMENTÁRIO DO MINISTÉRIO DE CRISTO COMO SACERDOTE.
R: Sacerdote, no sentido bíblico, é uma pessoa divinamente consagrada para representar o homem diante de Deus e para oferecer sacrifícios que assegurarão o favor divino, Hb 8:3. No calvário, Cristo, o Sacerdote, Se ofereceu a Si mesmo, o sacrifício, para assegurar o perdão do homem e sua aceitação diante de Deus. Sua vida anterior a este acontecimento foi uma preparação para Sua obra sacerdotal.

28. FAÇA UM COMENTÁRIO DO MINISTÉRIO DE CRISTO COMO REI.
R: O plano de Deus para o Governante perfeito foi o de que ambos os ofícios fossem investidos na mesma pessoa. Os escritores inspirados falaram da vinda de um que era digno de exercer este cargo. Esse era o Messias esperado, um Governante e Sacerdote, segundo a ordem de Melquizedeque, Sl 110:1-4, e um “sacerdote no seu trono”, Zc 6:13. Tal é o Cristo glorificado. Vide Sl 110:1; Hb 10:13. Jesus afirmou ser Rei Jo 18:36,37; antes da sua morte. Predisse Sua vinda com poder e majestade para julgar as nações, Mt 25:31. Cristo regressará ao mundo e recompensará o Seus servos, afirmará a Sua soberania sobre o mundo, e punira os ímpios, Ap 11:15; 12:10; 19:16.

29. QUAL FOI A OBRA SUPREMA QUE JESUS REALIZOU?
R: Cristo realizou muitas obras, porém a obra suprema que ele consumou foi a de morrer pelos pecados do mundo, Mt 1:21; Jo 1:29. Incluídas nessa obra expiatória, figuram a Sua morte, ressurreição, e ascenção. Não somente devia Ele morrer por nós, como também viver por nós. Não somente devia ressuscitar por nós, como também ascender para interceder por nós diante de Deus, Rm 8:34, 4:25; 5:10.

30. QUAL É A CARACTERÍSTICA ÚNICA DA RELIGIÃO CRISTÃ? QUE SIGNIFICA?
R: A morte expiatória de Cristo é o fato que caracteriza a religião cristã. Significa que existe o obstáculo do pecado, a culpa, e o homem não pode remover esse obstáculo, a libertação terá de vir da parte de Deus. Por isso Deus teria que tomar a iniciativa de salvar o homem. O testemunho das Escrituras é esse: que Deus assim fez: Ele enviou Seu Filho do céu a terra para remover esse obstáculo e dessa maneira reconciliou os homens com Deus. Ao morre por nossos pecados Jesus removeu a barreira, levou o que nós devíamos ter levado, realizou por nós mesmos; isso Ele fez porque era a vontade de Seu Pai. Essa é a essência da expiação de Cristo.

31. POR QUE A RESSURREIÇÃO DE CRISTO É IMPORTANTE PARA O CRISTIANISMO?
R: Porque é o grande milagre do cristianismo. Uma vez que estabelecemos a realidade desse evento, torna-se desnecessário procurar provar os demais milagres do evangelho.

32. QUE SIGNIFICADO TEM A RESSURREIÇÃO?
R: Ela significa que Jesus é tudo quanto Ele afirmou ser. – O Filho de Deus, Salvador, e Senhor, Rm 1:4. A resposta do mundo às revindicações de Jesus foi a cruz; a resposta de Deus, entretanto, foi – a ressurreição.

33. QUE SIGNIFICADO TEM A ASCENSÃO DE CRISTO?
R: Que Cristo é: O Cristo celestial; O Cristo exaltado; O Cristo soberano; O Cristo que prepara o caminho; O Cristo intercessor; O cristo onipresente.

34. EXPLICAR COMO CRISTO É O NOSSO MEDIADOR.
R: Em virtude de ter assumido a nossa natureza e ter morrido por nossos pecados, Jesus é o medidor entre Deus e os homens, 1ª Tm 2:5.

35. QUE TIPO DE PETIÇÃO FAZ JESUS A SEU PAI DURANTE O SEU MINISTÉRIO INTERCESSÓRIO?
R: Para livra do mal os que creram nEle e os que iriam crer e santifica-los na verdade que é a palavra de Deus. Jo 17.

36. MENCIONAR TRÊS CONSIDERAÇÕES QUE DÃO FORÇA À SUA ADVOCACIA.
R: Primeira, Ele está “com o Pai”, na presença de Deus.
Segunda, Ele é “o Justo”, e como tal, pode ser uma expiação por outrem.
Terceira, Ele é “a propiciação pelos nossos pecados”, isto é, um sacrifício que assegura o favor de Deus por efetuar expiação pelo pecado; 1ª Jo 2:1,2.

37. QUAIS SÃO OS VALORES PRÁTICOS DA DOUTRINA DA ASCENSÃO?
R: 1. O conhecimento interno do Cristo glorificado, a quem brevemente esperamos ver, é um incentivo à santidade, Cl 3:1-4.
2. O conhecimento da ascensão proporciona um conceito correto da igreja.
3. O conhecimento interno de Cristo glorificado produzirá uma atitude correta para com o mundo e as coisas do mundo.
4. A fé no Cristo glorificado inspirará um profundo sentimento de responsabilidade pessoal.
5. Junto à fé no Cristo glorificado temos a bendita e alegre esperança de Seu regresso. ”E se eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez.” Jo 14:3.


DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

Nenhum comentário: