JESUS, O NOSSO CRISTO, TE AMA!!!

RÁDIO EVANGÉLICA!!
   

BY BG

225
Fãs
541
Fãs

Artigos

Opiniões

LIKE MEU FACEBOOK!!

quinta-feira, 12 de abril de 2012

QUESTIONÁRIO DOUTRINAS 04 - O HOMEM.

QUESTIONÁRIO


01. O QUE É A DOUTRINA DE “CRIAÇÃO ESPECIAL”?
R: Significa que Deus fez cada criatura “segundo a sua espécie”. Ele criou as varias espécies e então as deixou para que se desenvolvessem e progredissem segundo as leis do seu ser. A distinção entre o homem e as criaturas inferiores implica na declaração de que “Deus criou o homem a Sua imagem”.

02. EM OPOSIÇÃO À CRIAÇÃO ESPECIAL, QUE TEORIA SURGIU? QUE ENSINA?
R: Surgiu a teoria da evolução, que ensina que todas as formas de vida tivessem sua origem em uma só forma e que as espécies mais elevadas surgissem de uma forma inferior.

03. QUE É ESPÉCIE? O QUE UMA ESPÉCIE PODE PRODUZIR?
R: Uma classe de plantas ou animais que tenham propriedades e características comuns, e que se possam propagar indefinidamente sem mudarem essas características. Uma espécie pode produzir uma variedade, isto é, uma ou mais plantas ou animais isolados possuindo uma peculiaridade acentuada que não seja comum à espécie em geral.

04. HOUVE ALGUMA VEZ A TRANSMUTAÇÃO DE ESPÉCIE?
R: Não.

05. QUAL A PROVA PELA QUAL SE CONHECE A DISTINÇÃO ENTRE AS ESPÉCIES?
R: A prova é esta: Si os animais podem ser cruzados e se podem produzir uma descendência fértil por tempo indefinido, então são da mesma espécie; de outra maneira, não o são. Por exemplo, sabe-se que os cavalos e os jumentos são de diferentes espécies, pois, embora sejam cruzados a égua e o jumento, produzem a mula. A mula não tem a capacidade de gerar outra mula, ou seja, a espécie de mula.

06. QUE TESTEMUNHO APRESENTA O DR. ETHERIDGE PARA DEMONSTRAR A FALSIDADE DA EVOLUÇÃO?
R: O inspetor do museu Britânico Dr. Etheridge, disse: “Em todo este grande museu não há uma partícula de evidência da transmutação das espécies. Este museu está cheio de provas da falsidade dessas ideias”.

07. SEGUNDO GÊNESIS 2.7, DE QUE SUBSTÂNCIA SE COMPÕE O HOMEM?
R: Se compõe de duas substâncias, a substância material chamada corpo, e a substância imaterial chamada alma.

08. SEGUNDO O NOVO TESTAMENTO, QUAIS SÃO AS TRÊS SUBSTÂNCIAS DE QUE SE COMPÕE O HOMEM?
R: Espírito, alma e corpo.

09. DESCREVA O ESPÍRITO DO HOMEM?
R: O espírito foi formado pelo Criador na parte interna da natureza do homem, o qual é capaz de renovação e desenvolvimento Sl 51:10. Esse espírito é o centro e a fonte da vida humana; a alma possuí e usa essa vida e lhe da expressão por meio do corpo. No princípio Deus soprou o espírito de vida no corpo inanimado e o homem “foi feito alma vivente”. Assim é que a alma é um espírito encarnado, ou um espírito humano recebendo expressão através do corpo. A combinação desses dois elementos constituem o homem em “alma”. A alma sobrevive a morte porque o espírito a dota de energia; no entanto, a alma e o espírito são inseparáveis porque o espírito está entrosado e confunde-se com a substância da alma.

10. DE QUE MANEIRA É O ESPÍRITO DO HOMEM DIFERENTE DE TODAS AS COISAS CONHECIDAS E CRIADAS?
R: Ele é dotado de vida humana, ( e inteligência Pv 20:27; Jo 32:8) em distinção da vida animal. Os animais tem alma ( Gn 1:20 no original), mas não tem espírito. Em Ec 3:21 a referência trata aparentemente do princípio de vida, tanto no homem como no animal.

11. DE QUE MANEIRA O ESPÍRITO DO HOMEM ESTÁ RELACIONADO COM A QUALIDADE DE SEU CARÁTER?
R: Como representante da natureza suprema do homem. Aquilo que domina o espírito torna-se em atributo de seu caráter.

12. COMO É A NATUREZA DA ALMA DO HOMEM?
R: Animar o corpo humano, usando os sentidos físicos como seus agentes na exploração das coisas materiais e os órgãos do corpo para se expressar e para comunicar-se com o mundo exterior.

13. QUE DIFERENÇA EXISTE ENTRE A ALMA DO HOMEM E A DOS ANIMAIS?
R: A alma do homem o distingui dos animais. Os animais possuem uma alma terrena que vive somente enquanto durar o corpo, Ec 3:21. A alma do homem é de qualidade diferente sendo vivificada pelo espírito humano humano. Como “toda carne não é a mesma carne”, assim sucede com a alma, existe alma humana e existe alma animal.

14. CITE OS DOIS PONTOS DE VISTA COM RESPEITO À ORIGEM DA ALMA.
R: Os estudiosos da Bíblia se dividem em dois grupos de ideias diferentes: O primeiro grupo afirma que cada alma individual não vem proveniente dos pais, mas sim pela criação Divina imediata. Citam as seguintes escrituras: Is 57:16; Ec 12:7; Hb 12:9; Zc 12:1.
O segundo grupo pensam que a alma é transmitida pelos pais. Apontam o fato de que a transmissão da natureza pecaminosa de Adão à posteridade milita contra a criação divina de cada alma; também o fato de que as características dos pais se transmitem à descendência. Citam as seguintes passagens Jo 1:13, 3:6; Rm 5:12; 1ª Co 15:22; Ef 2:3; Hb 7:10.

15. DESCREVA EM POUCAS PALAVRAS A RELAÇÃO ENTRE A ALMA E O CORPO, DANDO OS 4 PONTOS.
R: A alma é o depositário da vida; ela figura em tudo que pertence ao sustento, ao risco, e à perda da vida. A alma penetra e habita em toda a parte do corpo e afeta mais ou menos diretamente todos os seus membros. Por meio do corpo a alma recebe suas impressões do mundo exterior. Essas impressões percebe-se por esses sentidos: vista, audição, paladar, olfato e tato, são transmitida ao cérebro por meio do sistema nervoso. A alma estabelece contato com o mundo por meio do corpo o qual é o instrumento da alma.

16. QUAIS SÃO OS CINCO INSTINTOS MAIS IMPORTANTES?
R: Instinto de auto-preservação; Instinto aquisitivo (a possuir); Instinto de alimentar-se; Instinto reprodutivo; Instinto de domínio.

17. DE QUE MANEIRA SE REVELAM ESTES INSTINTOS NOS CAPÍTULOS 1 E 2 DE GÊNESIS?
R: O instinto de auto-preservação implica na proibição e no aviso: “Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás porque no dia em que dela comeres certamente morrerás”. O instinto aquisitivo aparece no fato de ter Adão recebido da mão de Deus o lindo jardim do Éden. O instinto de alimentar-se percebe-se nas palavras “eis que vos tenho dado todas as ervas que dão sementes, as quais se acham sobre a face de toda a terra, e todas as árvores em que há fruto que dê semente; ser-vos-ao para alimento”. O instinto de reprodução refere-se estas declarações: “homem e mulher os criou”. “Deus os abençoou e lhes disse: frutificai, multiplicai-vos”. Ao quinto instinto, domínio refere-se o mandamento: “Enchei a terra, e sujeitai-a; dominai...”.

18. EXPLIQUE AS PALAVRAS “CONSCIÊNCIA”, “CORPO DO PECADO”, A “MENTE CARNAL” E “ A CARNE”.
R: Consciência: Com conhecimento.
Corpo do Pecado: Combinação de alma pecaminosa e corpo humano.
Mente Carnal: Inclinação e o desejo da alma para usar o corpo dessa maneira.
A Carne: Soma total dos instintos do homem, não como vieram das mãos do Criador, mas sim como são na realidade, pervertidos e feitos anormais pelo pecado

19. DÊ EXEMPLOS DA PERVERSÃO DOS INSTINTOS DADOS POR DEUS QUE FORMA A BASE DO PECADO.
R: O egoismo, a sensibilidade, a inveja, e a ira são aberrações da auto-preservação. O roubo e a cobiça são perversões do instinto de aquisição. “Não roubaras” e “não cobiçaras” querem dizer: “não pervertereis o instinto de aquisição”. A glutonaria é a perversão do instinto de alimentar-se, portanto, é pecado. A impureza é perversão do instinto de reprodução. A tirania, arrogância, a injustiça e a implicância representam abusos do instinto do domínio. Assim vemos que o pecado, fundamentalmente, é o abuso ou a aberração das forças com que Deus nos dotou.

20. QUAIS SÃO AS CONSEQUÊNCIAS DESSA PERVERSÃO?
R: 1) A consciência que sente culpa, dizendo ao homem que desonrou a seu Criador, e avisando-o da pena terrível.
2) A perversão dos instintos reage sobre a alma, debilitando a vontade, incitando e fortalecendo os hábitos maus, e criando deformações do caráter. Paulo fez um catálogo dos sintomas desses “defeitos” da alma (uma palavra hebraica traduzida “pecado” significa literalmente “tortuosidade” em Gl 5:19-21.

21. QUAL É O REMÉDIO PARA ESSA PERVERSÃO?
R: 1) Porque o pecado é uma ofensa a Deus. É exigida uma expiação para remover a culpa e purificar a consciência. A provisão do Evangelho é o sangue de Jesus Cristo.
2) Sendo que o pecado traz doença a alma e desordem no ser humano, se requer um poder curativo e corretivo. Esse poder é justamente aquele provido pela operação interna do Espírito Santo que endireita as coisas tortas da nossa vida.

22. QUAL É O CENTRO DA VIDA FÍSICA, E ONDE SE ENCONTRAM AS DIRETRIZES DA VIDA ESPIRITUAL E DA ALMA?
R: O coração é o centro da vida, do desejo, da vontade e do juízo. O amor, o ódio, as diretrizes, a vontade e o gozo (Sl 105:3), unem-se com o coração.

23. QUE RELAÇÃO EXISTE ENTRE A ALMA E O SANGUE?
R: Em Atos 17:26 e João 1:13 o sangue se apresenta como a matéria original de onde surge o organismo humano. Usando o coração como bomba, e o sangue como meio da vida, a alma envia vitalidade e nutrição a todas as partes do corpo. Em Levíticos 17:11 nos diz: “Porque a vida (literalmente “alma”) da carne está no sangue”. Ou seja, é a sede da alma, um depende do outro.

24. QUAIS SÃO OS TRÊS TERMOS QUE SE APLICAM AO CORPO?
R: A) Casa, ou Tabernáculo. 2ª Co 5:1. É a tenda na qual a alma do homem, qual peregrina, mora durante sua viagem do tempo para a eternidade. À morte, desarma-se a barraca e a alma parte. Vide Is 38:12; 2ª Pe 1:13,14.
B) “Bainha”. Dn 7:15. O corpo é a “bainha” da alma. A morte é o desembainhar a espada.
C) Templo. O templo é um lugar consagrado pela presença de Deus – um lugar onde a onipresença de Deus é localizada. 1ª Rs 8:27,28. O corpo de Cristo foi um templo (Jo 2:21) porque Deus estava nEle. 2ª Co 5:19. Quando Deus entra em relação espiritual com uma pessoa, o corpo dessa pessoa torna-se um templo do Espírito Santo. 1ª Co 6:19.

25. DESCREVER OS CINCO ELEMENTOS QUE CONSTITUEM A IMAGEM DIVINA NO HOMEM.
R: 1) Parentesco com Deus: A relação de Deus com as primeiras criaturas viventes consistia em essas, de maneira inflexível, obedecerem aos instintos implantados pelo Criador, mas a vida que inspirou ao homem foi resultado verdadeiro da personalidade de Deus.
2) O Caráter Moral: O reconhecimento do bem e do mal pertence somente ao homem. A um animal pode-se ensinar a não fazer certas coisa, mas é porque essas coisas são contrarias à vontade do dono e não porque o animal sabia que estas coisas são sempre corretas e outras erradas. Em outras palavras, os animais não possuem natureza religiosa ou moral; não são capazes de serem instruídos nas verdades concernentes a Deus e a moralidade.
3) Razão: O animal é meramente uma criatura da natureza; o homem é senhor da natureza. Ele é capaz de refletir sobre si próprio e arrazoar a respeito das causas das coisas.
4) Capacidade para a Imortalidade: A existência da árvore da vida no Jardim do Éden indica que o homem nunca teria morrido se não tivesse desobedecido a Deus. Cristo veio ao mundo para trazer o Alimento da Vida ao nosso alcance, para que não pereçamos, mas sim vivamos para sempre.
5) Domínio sobre a Terra: O homem foi designado para ser a imagem de Deus com respeito à soberania; e como ninguém pode ser monarca sem súditos e sem um reino, Deus deu-lhe tanto um “império” como um “povo”, Gn 2:28. Vide Sl 8:5-8. Em virtude dos poderes implícitos em ser o homem formado a imagem de Deus, todos os seres viventes sobre a terra estavam entregues na sua mão. Ele devia ser o representante visível de Deus em relação as criaturas que o rodeavam.

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.
Postar um comentário