JESUS, O NOSSO CRISTO, TE AMA!!!

RÁDIO EVANGÉLICA!!
AMIGOS, COMPARTILHEM ESSE BLOG!
Facebook Twitter Google+ Pinterest Reddit LinkedIn Addthis Delicious Digg Evernote Myspace NetLog Netvibes Tumblr WhatsApp

BY BG

220
Fãs
528
Fãs

Artigos

Opiniões

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

QUESTIONÁRIO TEOLOGIA.

A DOUTRINA DE DEUS..

1. NUM SENTIDO MAIS ABRANGENTE, O QUE O TERMO “TEOLOGIA” PODE DESIGNAR. CITE, PELO MENOS, TRÊS APLICAÇÕES DESTE VOCÁBULO.
R: Como doutrina de Deus a ciência das coisas divinas. A sublimidade e a majestade da teologia. A ciência da fé, a explanação e a explicação Consciente e metódica da revelação divina, recebida e compreendida pela fé.

2. QUAL A FONTE DA TEOLOGIA CRISTÃ?
R: A própria Palavra de Deus.

3. O QUE É TEOLOGIA PENTECOSTAL?
R: É teologia fundamentada nas escrituras Sagradas, é histórica e mantém o pensamento teológico dos reformadores quanto as doutrinas cardeais da fé cristã.

4. POR QUE A TEOLOGIA, COMO DOUTRINA DE DEUS, PODE SER CHAMADA DE TEONTOLOGIA?
R: Para poder definir melhor a doutrina de Deus e evitar interpretações ambíguas.

5. O ATEÍSMO É UMA TEORIA CONTRADITÓRIA EM SI MESMA, POR QUÊ?
R: Para negar a existência do Deus verdadeiro, apóia-se na pressuposição de que Ele existe

6. QUAIS SÃO AS DUAS FORMAS DE EVOLUCIONISMO? O QUE AS DIFERENCIA?
R: O ateísta e o Teísta. O primeiro exclui Deus da criação; o segundo parte do principio de que o Senhor criou os materiais originais e que o processo evolutivo se encarregou do desenvolvimento deles até a perfeição.

7. EM QUE CONSISTE O PANTEÍSMO?
R: Na doutrina de que Deus é tudo, e tudo é Deus; ela não separa a criatura do Criador, associando-o ao próprio Satanás, que – segundo a teoria em apreço – também é um deus. Em suma nada há que não seja Deus, nada existe além dEle.

8. QUAIS FORAM OS OBJETIVOS DE TOMÁS DE AQUINO AO EMPREGAR AS CINCO VIAS?
R: Tinha o objetivo de “provar” de forma racional a existência de Deus

9. CITE PELO MENOS TRÊS ARGUMENTOS QUE CONFIRMAM A EXISTÊNCIA DE DEUS.
R: Cosmológico: este argumento apresenta a evidência de que Deus existe e é a primeira causa.
Moral ou Antropológico: Esta formulação veio de Immanuel Kant; baseia-se no fato de existe no homem uma consciência que estabelece a distinção entre o bem e o mal, dando a ele senso de responsabilidade e de razão existencial (Rm 2:14,15).
O Testemunho da Natureza: Não apresenta a divindade com os mesmos detalhes das Escrituras. Contudo, é suficiente para mostra com clareza a existência do Criador, o seu poder e a sua sabedoria.   

10. EM QUE SENTIDO DEUS É, AO MESMO TEMPO, COGNOSCÍVEL E INCONGNOSCÍVEL? EXPLIQUE.
R: Cognoscível: quando Ele revelou-se a si mesmo em sua Palavra. Podendo assim o homem O conhecê-lo – haja vista ser Ele também imanente – o suficiente para que exista um relacionamento entre ambos.
Incognoscível: Deus revelou a si mesmo na Bíblia, mas pode ser incognoscível quando se trata do conhecimento pleno de seu Ser e de sua essência. Como Ele é infinitamente incomparável, o homem jamais poderá esquadrinhá-lo e compreendê-lo como é em essência e glória.

11. O QUE É ANTROPOMORFISMO?
R: Argumento que comprovam a personalidade de Deus na linguagem da forma de humano.

12. EM QUE CONSISTE O “ARREPENDIMENTO” DE DEUS?
R: Na mudança do comportamento do ser humano, em função disso o Senhor “arrepende-se” mudando o tratamento em relação ao ser humano, conquanto a sua natureza permaneça imutável.

13. QUAL É A DIFERENÇA ENTRE OS ATRIBUTOS COMUNICÁVEIS E OS INCOMUNICAVÉIS DE DEUS?
R: Atributos comunicáveis são atributos morais. Atributos Incomunicáveis são atributos divinos.

14. CITE PELO MENOS DOIS NOMES DE DEUS E EXPLIQUE OS SEUS SIGNIFICADOS.
R: El Elyon: A transcrição do termo hebraico é ‘el ‘elyon. O nome Elyon é traduzido em nossas versões por “Altíssimo”, e El Elyon, por “Deus Altíssimo”. Este nome (ou titulo) é um adjetivo que se deriva do verbo hebraico ‘ala’ e significa “subir”, “ser elevado”, designa deus como o Alto e Excelente, o Deus Glorioso. Trata-se de um nome genérico, porque também é aplicado a governantes – mas nunca vem acompanhado de artigo quando se refere ao Deus de Israel.
Adonai: “Meu Senhor”. A transcrição do termo hebraico é ‘adona(y). O nome Adonai é mencionado no antigo Testamento 449 vezes, sendo que em 134 vezes aparece sozinho, e em conexão com YHWH 315. É um nome de Deus e não meramente um pronome de tratamento – nele se expressa à soberania de Deus no Universo.

15. QUAL O SENTIDO DO TETRAGRAMA YHWH NAS PÁGINAS SAGRADAS?
R: É o nome pessoal do Deus de Israel, que em nossas versões aparece como Jeová, Javé ou Senhor. As quatro consoantes hebraicas do nome divino se tornaram impronunciáveis pelos judeus desde o período interbíblico. Isso para evitar a vulgarização do nome: “Não tomaras o nome do Senhor, teu Deus, em vão” (Êx 20:7), pois é assim que eles interpretam o terceiro mandamento do Decálogo.

16. OS DIAS DA CRIAÇÃO SÃO ERAS, PERÍODOS DE MIL ANOS OU DIAS LITERAIS? POR QUÊ?
R: O relato dos dias da criação é interpretado por alguns como períodos de mil anos cada, outros procuram associá-los as supostas eras geológicas, ainda outros os definem como dias literais de restauração, haja visto o Universo ter vindo a existência “no princípio” (Gn 1:1). O termo hebraico yom, “dia”, e seu correspondente grego hemera às vezes indicam certo período: “eis agora o dia da salvação” (2ª Co 6:2); nem sempre denota na Bíblia, dia literal, de 24 horas. A palavra “dia” é “cercada de muitos temas teológicos relacionados à soberania de Deus, como lemos em salmos 90:4 e 2ª Pe 3:8.

17. O QUE SÃO DECRETOS DE DEUS?
R: Os decretos divinos, também chamados de conselhos divinos, dizem respeito à vontade e ao propósito de Deus para a criação, são deliberações incondicionais que nasceram do desígnio e do propósito de Deus.

18. O CALVINISMO E O ARMINISMO HONRAM AS ESCRITURAS? POR QUÊ?
R: O calvinismo acredita na predestinação, o arminianismo acredita no livre-arbítrio. Nós, porém entendemos que tudo pode ser mudado mediante a fé em nosso Deus pessoal. As profecias, ao invés de predizerem um futuro friamente predestinado, são apelos para nos convertermos dos nossos maus caminhos, a fim de termos um futuro bem diferente – esses apelos são feitos à nossa consciência e pressupõem o nosso livre-arbrítrio.  

19. CITE TRÊS PASSAGENS DO ANTIGO TESTAMENTO QUE CONFIRMEM A DOUTRINA DA TRINDADE. EXPLIQUE POR QUE TAIS REFÊRENCIAS ALUDEM A TAL DOUTRINA.
R: Gn 1:20. E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.
Gn 3:22. Então disse o SENHOR Deus: Eis que o homem é como um de nós, sabendo o bem e o mal; ora, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente,
Gn 11:7. Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro.
Porque as três Pessoas da Trindade atuaram em conjunto, ou seja, quando falamos do Criador, devemos ter em mente a Trindade, pois as três Pessoas agiram juntas na gloriosa obra da criação de todas as coisas.

20. EXPLIQUE POR QUE A DOUTRINA DA TRINDADE, EMBORA O TERMO NÃO OCORRA NA BÍBLIA, É APRESENTADA CLARAMENTE NO NOVO TESTAMENTO. CITE PASSAGENS BÍBLICAS.
R:

DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.

Nenhum comentário: