JESUS, O NOSSO CRISTO, TE AMA!!!

RÁDIO EVANGÉLICA!!
   

BY BG

225
Fãs
541
Fãs

Artigos

Opiniões

LIKE MEU FACEBOOK!!

sábado, 10 de dezembro de 2011

ESTUDANDO A BÍBLIA

LEITURA BÍBLICA

A ORIGEM DA BÍBLIA

A Bíblia é a Palavra escrita de Deus. Ele inspirou as palavras na Bíblia e usou aproximadamente 40 homens para escrever Suas palavras. Estes homens escreveram por um período de 1500 anos. A concordância perfeita entre outros escritores é uma prova de que eles foram todos guiados por somente um autor. Esse autor foi Deus. 

Alguns dos escritores escreveram exatamente o que Deus disse: 
“Toma um rolo, um livro, e escreve nele todas as palavras que te falei contra Israel, contra Judá e contra todas as nações, desde o dia em que te falei, desde os dias de Josias até hoje” (Jeremias 36.2).

Outros escritores escreveram o que eles experimentaram do que Deus revelou acerca do futuro:
“Escreve, pois, as coisas que viste, e as que são, e as que hão de
acontecer depois destas” (Apocalipse 1.19).

Todos os escritores escreveram sob a inspiração de Deus as palavras de Sua mensagem para nós.

O PROPÓSITO DA BÍBLIA

A própria Bíblia registra seu propósito principal:
“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça” (2ª Tm 3.16-17).
As Escrituras devem ser usadas para ensinar a doutrina, reprovar e corrigir do mal, e ensinar a retidão. Elas lhe ajudarão a viver corretamente e o equiparão para trabalhar para Deus.


AS DIVISÕES PRINCIPAIS

A Bíblia é dividida em duas seções principais chamadas de Antigo Testamento e Novo Testamento. A palavra “testamento” significa aliança ou pacto. Um pacto é um acordo. O Antigo Testamento registra o pacto ou acordo original de Deus com o homem. O Novo Testamento registra o novo pacto feito por Deus através de Seu Filho, Jesus Cristo.

Qual foi o assunto destes dois acordos? Os dois envolveram restaurar o homem pecador para corrigir sua relação com Deus. 
Deus fez uma lei na qual o pecado só pode ser perdoado através do derramamento de sangue: 
“Saulo, porém, mais e mais se fortalecia e confundia os judeus que moravam em Damasco, demonstrando que Jesus é o Cristo” (Atos 9.22). 
Sob o acordo (aliança) de Deus no Antigo Testamento, os sacrifícios de sangue dos animais eram feitos pelo homem para obter o perdão dos pecados. Este era um símbolo do sacrifício de sangue que Jesus Cristo proporcionaria sob a nova aliança com Deus. Através do nascimento, vida, morte e ressurreição de Jesus, um sacrifício final para o pecado foi feito:
“Quando, porém, veio Cristo como sumo sacerdote dos bens já realizados, mediante o maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, quer dizer, não desta criação, não por meio de sangue de bodes e de bezerros, mas pelo seu próprio sangue, entrou no Santo dos Santos, uma vez por todas, tendo obtido eterna redenção. Portanto, se o sangue de bodes e de touros e a cinza de uma novilha, aspergidos sobre os contaminados, os santificam, quanto à purificação da carne, muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirmos ao Deus vivo! Por isso mesmo, ele é o Mediador da nova aliança, a fim de que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia sob a primeira aliança, recebam a promessa da eterna herança aqueles que têm s ido chamados” (Hebreus 9.11-15).
Ambos os testamentos são a Palavra de Deus e nós devemos estudar os dois para entender a mensagem de Deus. Estes vocábulos – “antigo” e “novo” – se usam para distinguir entre a aliança de Deus com o homem antes e depois da morte de Jesus Cristo. Nós não menosprezamos o Antigo Testamento simplesmente porque se chama de “Antigo”.

DIVISÕES ADICIONAIS

A Bíblia também pode ser dividida em 66 livros. O Antigo Testamento tem 39 livros. O Novo Testamento contém 27 livros. Cada livro é dividido em capítulos e versículos. Ainda que conteúdo de cada livro seja a Palavra de Deus, a divisão em capítulos e versículos foi feita pelo homem com o propósito de tornar fácil de localizar passagens específicas. Seria muito difícil de encontrar uma passagem se os livros fossem todos em um só parágrafo extenso.

Fonte: Estudos Básicos da Bíblia.



DEUS EM CRISTO JESUS VOS ABENÇOE.
Postar um comentário